24, 25 e 26 de julho 0 inscritos Emitir Certificado

Notícias

Aprender a gerenciar a emoção é imprescindível 21/05/2019

Aprender a gerenciar a emoção é imprescindível

Uma sociedade emocionalmente adoecida, com dificuldades de concentração, de memória e de administrar a ansiedade. esse é o ponto da fala que a pedagoga com habilitação em Educação Especial Denise Cavalini trará ao XV Congresso do Ensino Privado Gaúcho no dia 25/07. No Espaço MOVER (Minuto para Olhar, Viver, Escutar e Refletir), a palestrante destacará a importância de se treinar a gestão da emoção. 

A palestra "Competências socioemocionais: a gestão da emoção como ferramenta essencial a um professor brilhante!" fala sobre como conhecer os fenômenos que atuam na mente humana nos auxilia a potencializar o autoconhecimento, a compreender cada vez mais nossas características e a pensarmos sobre elas - a fim de dimensionar quais se fazem saudáveis ou não saudáveis - e nas relações que desenvolvemos com os outros e com o meio ambiente - quais características precisam ser ampliadas, potencializadas, e quais precisam ser contraídas, comprimidas. "Passamos, com isso, a compreender melhor a importância de pensar antes de agir e reagir, superar ofensas, ter empatia, resiliência, determinação, compreender que ninguém fere sem antes ter sido ferido, e a enfrentar as armadilhas da mente, tais como coitadismo, conformismo, necessidade neurótica de estar sempre certo, dificuldade em reconhecer erros", afirma Denise, que trabalha há 11 anos com o renomado psicoterapeuta Augusto Cury e é co-autora de todos os materiais do Programa Escola da Inteligência. 

Para a pedagoga, vivemos uma realidade que nos coloca em confronto constante sobre a validação dos caminhos que estamos percorrendo enquanto sociedade. "O meio educacional nos fala muito sobre o mundo de fora, conhecemos espaços onde provavelmente nunca estaremos, como a profundidade dos mares e a estrutura dos planetas, aprendemos sobre o solo e o subsolo físico, mas muito pouco sobre o universo do solo onde pisamos todos os dias: a nossa mente." Depois da revolução industrial e tecnológica, Denise acredita que estamos diante da revolução socioemocional, na qual a emoção precisa ganhar um espaço de estudo, compreensão e destaque dentro do espaço educacional. "Aprender a gerenciar a emoção é imprescindível."

Aprender a realizar a gestão da emoção, segundo ela, implica em uma (re)estruturação sistêmica, que nos favorece em amplas dimensões, melhorando enormemente os níveis de ansiedade, estresse, irritabilidade etc., favorecendo, com isso, maior prazer diante das atividades diárias, maior predisposição à aprendizagem, à relacionamentos saudáveis e a extrair beleza nas pequenas coisas da vida.