24, 25 e 26 de julho 0 inscritos Emitir Certificado

Notícias

As modificações do cérebro na aprendizagem de novos comportamentos 20/05/2019

As modificações do cérebro na aprendizagem de novos comportamentos

Um trabalho diferente e que modifica vidas pode servir de inspiração aos professores que desejam promover mudanças. A doutora em Psicologia Kátia Biehl estará no XV Congresso do Ensino Privado Gaúcho no dia 25 de julho, com a palestra "A formação da inteligência socioemocional em adultos: uma abordagem da educação multidisciplinar", que fala das modificações do cérebro na aprendizagem de novos comportamentos, numa experiência com adultos segregados do Instituto Penal de Novo Hamburgo. Ela fará parte Espaço MOVER (Minuto para Olhar, Viver, Escutar e Refletir). 

Kátia começou sua pesquisa em 2013 no instituto, como professora universitária, e hoje é psicóloga dos presos. No pós-doutorado em Neurociências, ela usou sua metodologia com os apenados: o desenvolvimento da inteligência emocional por meio de um tratamento penal que trabalha fatores biopsicossociais e espiritualidade. "Através desses mecanismos a gente vai modificando a maneira de eles interpretarem a verdade e a vida. Ao mesmo tempo, faz com que eles resgatem o entendimento e a consciência do impacto das suas ações no meio", explica Kátia. Segundo ela, à medida que eles ampliam essa consciência, bloqueiam a possibilidade de cometer algum crime.

O objetivo do trabalho que a psicóloga desenvolve é refletir sobre a capacidade do cérebro de se modificar aprendendo novos comportamentos - chamada plasticidade cerebral - e a relação com o ambiente em que o indivíduo está envolvido. "Trabalho pela cultura da paz, fazendo uma série de atividades que envolvem desde a questão das drogas, arte-terapia, cinema reflexão, até o encaminhamento deles para o trabalho."