11/10/2017

Governo não quer assumir o ônus político de acabar com o Fies, afirma diretor da ABMES

Sólon Caldas dará orientações às IES em palestra no SINEPE/RS, no dia 17/10
Assessoria de imprensa - SINEPE/RS
Diretor executivo da ABMES, Sólon Caldas. Foto: Reprodução
As alterações nas regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) previstas na MP 785 trazem muitas dúvidas às Instituições de Ensino Superior brasileiras, que temem pelo fim do benefício. "O governo não quer assumir o ônus político de acabar com o FIES e está fazendo isso por meio da Medida Provisória, porque está inviabilizando as instituições de ensino a ofertarem vagas do programa, além de tirar benefícios adquiridos anteriormente pelos alunos", alega o diretor executivo da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), Sólon Caldas, que estará em Porto Alegre para o Seminário de Políticas Educacionais promovido pelo SINEPE/RS, em parceria com a ABMES, dia 17 de outubro, na sede do Sindicato, em Porto Alegre. Sólon apresentará a palestra "Nova Regulamentação da EAD e o novo Fies - o que muda para as IES". As inscrições para o evento ainda estão abertas, clique aqui e garanta sua vaga.

Para ele, com as novas regras, o governo está transferindo a responsabilidade financeira para as instituições de ensino e o risco para os bancos. "Com isso, ele mantém o programa, mas corremos o risco de ter um programa de enfeite em cima da prateleira." Caldas explica que as características sociais do Fies foram totalmente alteradas, e que o programa atende apenas a questões financeiras e fiscais.

O número de vagas ofertadas pelo Fies diminui a cada ano. Em 2014, foram 723 mil; em 2015, 287 mil; em 2016, 203 mil; e em 2017, menos de 200 mil (número ainda parcial). Com todas essas mudanças, a previsão de queda é ainda maior. Para 2018, serão apenas 100 mil vagas com recursos do governo. "A oferta é muito menor do que a demanda e, ainda assim, o governo está onerando as instituições. O cenário para 2018 é muito pessimista, o pior possível", lamenta o diretor da ABMES. Sólon Caldas adiantou que tem boas orientações para as instituições de ensino gaúchas, que os participantes poderão conferir no dia 17.
SINEPE/RS
Av. Praia de Belas, 1212 - Sala 1201, 12º andar - Porto Alegre, RS - CEP:90110-000.
Fone:51 3213-9090 - Fax:51 3213-9099
E-mail: sindicato@sinepe-rs.org.br