03/04/2018

Negociações Sindicais: Quarta rodada entre SINEPE/RS e trabalhadores

Na próxima terça-feira (10/4), às 14h, o SINEPE/RS promove, em sua sede, encontro com gestores da Educação Básica e do Ensino Superior
Assessoria de imprensa - SINEPE/RS
Câmara da Educação Básica - Professores. Foto: Hermes Moura - SINEPE/RS
Câmara da Educação Básica - Técnicos. Foto: Hermes Moura - SINEPE/RS
Câmara do Ensino Superior - Professores. Foto: Hermes Moura - SINEPE/RS
Câmara do Ensino Superior - Técnicos. Foto: Hermes Moura - SINEPE/RS
A quarta rodada de negociações entre o SINEPE/RS e os sindicatos dos professores e dos técnicos em administração escolar ocorreu nesta terça-feira (3/4), na sede do SINEPE/RS. As reuniões da Educação Básica abordaram questões como reajuste salarial, homologações e licenças de interesse. Já na câmara da Educação Superior foram debatidas questões econômicas, plano de saúde e pagamento de verbas rescisórias.

Na próxima terça-feira (10/4), às 14h, o SINEPE/RS promove, em sua sede, encontro com gestores da Educação Básica e do Ensino Superior para levar os pedidos dos trabalhadores.

Educação Básica

A abertura da reunião com os professores na câmara da Educação Básica foi marcada por uma discussão acerca do reajuste salarial. Outro pedido dos professores é pela redução de 20% da diferença percentual existente entre os valores hora-aula pagos aos professores da educação infantil/anos iniciais do ensino fundamental e os valores hora-aula dos professores dos anos finais do ensino fundamental. O pedido vem sendo examinado pela comissão do SINEPE/RS e voltará à discussão nas próximas rodadas. Após, foram discutidos os pedidos do SINEPE/RS. O principal deles é sobre conflitos que têm ocorrido na hora da assinatura da homologação. Os professores reforçaram que estão tomando as medidas necessárias para atender à solicitação dos diretores. Ainda foi tratado o assunto "licenças de interesse" para que, quando o contrato do empregado estiver congelado pelas chamadas licenças de interesse, sejam anulados automaticamente os benefícios concedidos pela escola ao empregado, como bolsa de estudo para dependentes. O Sinpro garantiu que os pleitos do SINEPE/RS têm possibilidade de avanço.

A reunião com os técnicos foi aberta com a manifestação favorável do SINEPE/RS sobre o pedido feito pelos trabalhadores acerca do desconto nas mensalidades. Os técnicos propuseram que o benefício fosse estendido para o terceiro dependente, hoje entram dois dependentes. Outro tema que entrou em discussão foi o e-social. Ficou acordado que a partir do mês de agosto os pagamentos serão feitos até o quinto dia útil. Os técnicos também apresentaram uma nova redação para a cláusula do banco de horas que será examinada pelo jurídico do SINEPE/RS. Além disso, foi discutida a contribuição assistencial, o benefício creche e o vale-alimentação.

Ensino Superior

Na câmara do Ensino Superior, os professores solicitaram um reajuste de 3,5%. Além disso, apresentaram proposta de redação para as seguintes cláusulas: direito à licença; calendário e pagamento de férias; limite de alunos por turma; regras de despedimento; recesso escolar; plano de saúde; e figura do tutor em sala de aula. Essas cláusulas serão estudadas pela comissão na próxima terça pela manhã e, em seguida, levadas para reunião com os diretores das IES associadas ao SINEPE/RS.

Com os técnicos, foi discutida a cláusula econômica com a proposta levantada pelos trabalhadores de 3,5% de reajuste para os salários e 5% para o piso. Além disso, apresentaram proposta de redação para a cláusula do banco de horas. O SINEPE/RS trouxe para discussão ainda o prazo para o pagamento das verbas rescisórias e a possibilidade de ampliação do tempo de contrato para que não seja necessária a homologação da rescisão no sindicato laboral.
SINEPE/RS
Av. Praia de Belas, 1212 - Sala 1201, 12º andar - Porto Alegre, RS - CEP:90110-000.
Fone:51 3213-9090 - Fax:51 3213-9099
E-mail: sindicato@sinepe-rs.org.br