Escola numa encruzilhada - 1

Osvino Toillier Vice-presidente do SINEPE/RS
A instituição educacional está numa encruzilhada diante dos desafios em que se vê envolvida atualmente. Questionada de todos os lados, a escola não sabe que rumo tomar, porque embretada por diferentes desafios e ameaças: ideologias, drogas, tecnologia, relação com pais e professores, agentes políticos, mercado, mundo corporativo, enfim, forças ocultas que têm interesses em desestabilizar o território sagrado das escolas.

Digo isto porque estou preocupado com o que está acontecendo nas instituições educacionais, cuja imagem foi construída ao longo do tempo por pessoas que deram suor e sangue pela escola, e legaram um patrimônio educacional que repousa na memória de gerações como um tesouro precioso.

Os novos tempos trazem novidades que impactam na realidade dos educandários e precisam ser assimiladas, mas não podem implodir os pilares que sustentaram a utopia que conduziu a escola ao longo de sua existência.

A modernização é um imperativo, porém não pode descaracterizar a escola na sua essência. Ela não pode envelhecer, mas a inovação não pode ser o único norte da instituição educacional.

Princípios e valores asseguram a sacralidade da escola, que atravessa os tempos sem perder a essência e identidade. A instituição educacional não pode tornar-se refém de ninguém especificamente, mas ser guiada por sólidos princípios, alicerçados na filosofia e no escopo, construídos coletivamente ao longo dos tempos, verdadeira bússola que orienta as decisões da direção.

A grande crise que vivem as instituições educacionais hoje, ao menos me parece, é a ausência desses princípios e o terreno pantanoso para onde foi arrastada a escola.

OSVINO TOILLIER - Mestre em Educação e Vice-Presidente do SINEPE/RS
SINEPE/RS
Av. Praia de Belas, 1212 - Sala 1201, 12º andar - Porto Alegre, RS - CEP:90110-000.
Fone:51 3213-9090 - Fax:51 3213-9099
E-mail: sinepe@sinepe-rs.org.br