Menu

Já é associado?

Faça o seu login e envie a sua notícia.

Não Possui Conta?

Saiba mais como tornar-se associado clicando aqui.

  • Home
  • Notícias
  • Projeto desenvolvido por professor incentiva o estudo autônomo dos alunos
26/03/2020

Projeto desenvolvido por professor incentiva o estudo autônomo dos alunos

Ferramenta online é oferecida gratuitamente para todos os professores

por Assessoria de imprensa
Projeto desenvolvido por professor incentiva o estudo autônomo dos alunos

Tornar as aulas mais atrativas e auxiliar os alunos nos estudos, desenvolvendo a sua autonomia. Esse é o objetivo do projeto desenvolvido pelo pesquisador e professor de filosofia do IFSUL, Fábio Mendes. O Aula Leve é uma ferramenta gratuita que oferece oficinas de estudos – aulas alternativas para os tradicionais modelos expositivos – que podem ser realizadas por qualquer professor em diferentes disciplinas. A intenção é incentivar o estudo autônomo dos alunos através da orientação dos professores, que deixam de apenas expor o conteúdo para utilizar um método de ensino intuitivo. Uma alternativa para a realidade vivenciada pelas escolas, nesse momento, com as atividades domiciliares.

Doutor em filosofia, com pós-doutorado em Informática na Educação, Fábio Mendes já publicou cinco livros sobre o desenvolvimento da autonomia. Através de suas pesquisas (Informática na Educação e Métodos de Estudos e Déficit de Atenção – TDAH), Fábio conseguiu observar detalhes importantes para garantir o máximo de engajamento dos alunos no estudo autônomo.

Conheça um pouco mais sobre a ferramenta:

No que consiste o seu projeto?

Fábio Mendes: O projeto consiste no desenvolvimento de um site para oferecer aos professores uma formação gratuita em uma modalidade de  aprendizagem ativa, as Oficinas de Estudo. Trata-se de um projeto realizado dentro da UFRGS e com apoio do IFSUL, em sede de minha pesquisa de pós-doutorado em Informática na Educação no programa de pós-graduação específico (PPGIE/UFRGS).

Foi tomado o cuidado para ser uma formação adequada ao dia a dia do professor: pode ser realizada em cerca de 1h 30min e é amigável a qualquer plataforma (celular, tablet, notebook ou desktop) e sistema operacional (Windows, mac, Linux, android ou iOS), pois é hospedado em um site. 

O que são as Oficinas de Estudo?

Fábio Mendes: As Oficinas de Estudo - a didática que é objeto da formação - são aulas alternativas às expositivas nas quais o professor ensina os alunos a estudarem por conta própria a partir de um método de estudo simples e intuitivo. As Oficinas de Estudo podem ser realizadas em qualquer disciplina, por qualquer professor e em qualquer sala de aula para alunos a partir do EFII. O professor não precisa mudar seu planejamento de aulas e a aprovação dos alunos é massiva. O que está em jogo é desenvolver a Autonomia no aprendizado e melhorar a relação entre professores e alunos.

Como a ferramenta – Aula Leve – funciona? É gratuita?

Fábio Mendes: O Aula Leve é todo gratuito. O professor faz um cadastro rápido e tem acesso a toda a formação. Ela é realizada em quatro etapas – tutorial, simulação, passo a passo e minhas oficinas - que correspondem aos quatro botões do site.

O primeiro dá acesso a oito vídeos tutoriais curtos, de 3 a 5 minutos de duração, que mostram a prática das Oficinas de Estudo. O segundo botão dá acesso a um jogo que simula a aplicação de uma oficina de estudo. O professor recebe pontuação pelas respostas corretas e recebe feedback pelas erradas. No terceiro é apresentado um resumo do passo a passo de uma Oficina de Estudo, para que o professor possa acessar durante a realização, como uma "cola" de tudo o que deve ser observado. O quarto e último botão permite que o professor acompanhe seus resultados na realização de Oficinas de Estudo, pelo cadastro de oficinas e questionários que os alunos respondem fisicamente ou em seus celulares.

O site gera um relatório automático desse desempenho nas oficinas realizadas. Todo o percurso formativo pode ser acompanhado pelo botão Status, junto ao login.

O diferencial do Aula Leve é permitir uma formação em um tempo muito curto e o treinamento da prática por meio da simulação. As Oficinas de Estudo, na verdade, são muito simples. A partir da formação percebeu-se que elas podem de modo efetivo, capacitar os professores nessa nova didática. 

Qualquer profissional interessado pode utilizar? Como acessar?

Fábio Mendes: Qualquer pessoa pode acessar o Aula Leve pelo site: www.ufrgs.br/aulaleve . O site é responsivo, isto é, se adequa a qualquer tela. No celular, a sua aparência é como a de um aplicativo. É uma ferramenta muito amigável.

Como essa ferramenta pode auxiliar alunos e professores?

Fábio Mendes: A ferramenta permite que um professor aprenda uma didática nova em curtíssimo prazo e possa aplicá-la no dia seguinte. As Oficinas de Estudo auxiliam os professores na medida em que desenvolvem a autonomia dos seus alunos, que aprendem a estudar na prática, dentro de sala de aula. Vale notar: pedimos a toda hora que os alunos estudem, mas será que estamos ensinando a estudarem por conta própria?

O Aula Leve vem para ajudar nessa tarefa. Além disso, as Oficinas de Estudo conseguem de uma forma muito natural e simples levar o professor à tão mencionada postura de um facilitador em relação ao conteúdo do dia e um mediador no aprendizado sobre como aprender. Os alunos, por sua parte, respondem positivamente. Vale a pena a experiência. 

Como essa ferramenta pode auxiliar os alunos nesse novo momento, de ensino a distância?

Fábio Mendes: Os alunos precisam ter autonomia para conseguir aprender com qualidade, estudando à distância. Além disso, eles devem focar no Local de Estudo, sem fontes de distração e em um horário de estudo que seja maximamente produtivo (o que não significa que seja extenso). As Oficinas de Estudo os treinam para isso e a ferramenta (Aula Leve) proporciona acesso massificado e gratuito a elas. Assim, a instituição de ensino que estimular os professore a fazer a formação ganha alunos com maior capacidade de aprendizado. 

Qual será o papel do professor nesse novo cenário? Que mudanças são importantes na forma de ensinar, nesse momento?

Fábio Mendes: O papel do professor é ensinar o aluno a depender cada vez menos dele para aprender. É utilizar os conteúdos da disciplina como oportunidade para desenvolver a autonomia do aluno. As aulas expositivas precisam ser, pelo menos em parte, substituídas por outras didáticas que façam os alunos serem mais ativos. As Oficinas de Estudo são alternativas muito fáceis de serem implementadas, intercaladas ou não com as aulas tradicionais. Quando o aluno precisar estudar por conta própria, como neste momento, saberá como fazer.

Confira o tutorial da ferramenta.

Compartilhe:

publicidade
  • Publicidade
publicidade
  • Publicidade

Gostaria de enviar notícia ao SINEPE/RS?

Colabore com o acervo de notícias para o nosso site.
Faça o seu e envie sua notícia